PUBLICIDADE

Assinada liberação para estudos de nova ponte entre PR e MS

Itaipu Binacional financiará pesquisa de viabilidade técnica, econômica e ambiental para o empreendimento.

 

O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Anatalicio Risden Junior, e os governadores do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, e do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, assinaram nesta segunda-feira (30), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, a liberação dos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para a construção da ponte entre os municípios de São Pedro do Paraná (PR) e Taquarussu (MS).

A Itaipu financiará o referido EVTEA, a fim de identificar os impactos sobre o Rio Paraná e possibilidades para o desenvolvimento regional. “É um estudo complexo de R$ 3,2 milhões que vai demonstrar qual é o melhor traçado, o que tem menor impacto ambiental e o que é mais sustentável dessa nova ligação entre Paraná e Mato Grosso do Sul”, afirmou o governador Ratinho Junior.

A obra é uma necessidade antiga da região e facilitará o escoamento da produção agrícola, além de encurtar a viagem rodoviária em aproximadamente 80 quilômetros entre os dois estados.

Com custo estimado em R$ 350 milhões, a ponte faz parte de um projeto maior de integração que prevê também a duplicação da BR-376, importante rota para os caminhões que transportam a safra de grãos do Centro Oeste até o porto de Paranaguá. “Encurta o caminho e abre uma nova fronteira de desenvolvimento na nossa região, além de integrar novamente os dois estados. Abrir esse caminho melhora o desenvolvimento e a logística, diminui custo e traz mais progresso e oportunidades”, destacou o governador Reinaldo Azambuja.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, Anatalicio Risden Junior, reiterou o compromisso da empresa e do governo federal no apoio a obras que deixem um legado para a comunidade. “É uma orientação do presidente Bolsonaro, vir e fazer direito. Itaipu tem um papel muito importante com projetos executivos consistentes, bem elaborados, que tornem ideias e concepções em realidades para executar obras estruturantes e estratégicas para o desenvolvimento econômico e social do nosso país”, disse.

Já o diretor de coordenação da Itaipu, Luiz Felipe Carbonell, reforçou que o investimento em infraestrutura é uma prerrogativa da atual gestão. “Estamos viabilizando da melhor forma um novo eixo logístico e promovendo desenvolvimento social e ambiental onde for necessário”.

Presenças – Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; os secretários de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Everton Souza; da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; e da Administração e Previdência, Elisandro Frigo; os secretários sul-mato-grossenses de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha, e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck; o deputado federal Ricardo Barros; os deputados estaduais Marcel Micheletto, Luiz Cláudio Romanelli, Maria Victória, Tião Medeiros, Douglas Fabrício, Jonas Guimarães, Marcio Nunes e Tiago Amaral; a conselheira da Itaipu Binacional e ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti; os presidentes do Tecpar, Jorge Callado; do Socipar, Demerval Silvestre; e da Invest Paraná, Eduardo Bekin; e prefeitos, vice-prefeitos e demais autoridades do Paraná e Mato Grosso do Sul.

Com informações da Agência Estadual de Notícias.

Créditos: José Fernando Ogura/AEN/Itaipu Binacional.

Facebook
Google+
Twitter