PUBLICIDADE

Banco do Empreendedor oferece linhas de crédito emergenciais

Pedidos de renegociação de microcréditos em vigência também poderão ser realizados a partir da próxima segunda, 06.

 

O Banco do Empreendedor abriu, através de convênio com a Fomento Paraná, linhas de crédito emergenciais em Foz do Iguaçu. O recurso é destinado para MEI’s (Microempreendedores Individuais, empreendimentos informais e micros e pequenas empresas.
Os valores em forma de capital de giro serão ofertados para a manutenção de salários e empregos, em razão dos efeitos do novo coronavírus (COVID-19) na economia iguaçuense.
“Estamos reforçando a equipe de atendimento do Banco do Empreendedor, com funcionários de outras áreas da secretaria, para dar celeridade na análise dos cadastros e para que possamos multiplicar a nossa capacidade de atendimento.”, reforça o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.
Nos próximos dias, o Banco também oferecerá outras duas linhas municipais de crédito Foz Juro Zero aos microempreendedores individuais e o Fundo de Aval para pequenas empresas em parceria com garantidoras de crédito. Os valores giram entre R$ 5 mil e R$ 50 mil.

Linhas Fomento Paraná
Para os empreendedores formais e informais (autônomos) com menos de 12 meses de atividade será disponibilizado um crédito de R$ 1.500 O prazo de pagamento é de 36 meses, com 12 meses de carência e taxa de juros de 0,41% ao mês.
Já os empreendedores formais (MEI, Micro, pequena e média  empresa) com 12 meses de CNPJ ativo, completados até 16 de março deste ano, poderão acessar um crédito de até R$ 6 mil. O prazo é de 36 meses, com 12 meses de carência e juros de 0,41% ao mês.
O Banco também oferecerá um microcrédito para MEI e Micro empresas que varia de R$ 6 mil a R$ 20 mil. O empresário poderá parcelar o financiamento em até 48 vezes, com carência de 12 meses e juros de 0,91% a 1,42% ao mês.

Micro e pequenas empresas
Os micro e pequenos empresários também poderão buscar um fôlego financeiro neste momento através de uma linha exclusiva. O Banco do Empreendedor oferecerá um crédito que vai de R$ 20 mil à R$ 200 mil. O prazo é de 60 meses, com carência de até 24 meses e juros a partir de 0,68% ao mês.
Para valores acima de R$ 200 mil, a instituição oferece uma linha de crédito do BRDE, mediante consulta por contato telefônico.

Situação em dia
Para cadastrar o pedido de crédito de PESSOA FÍSICA, o empreendedor deverá estar com sua situação cadastral em dia ( certidões negativas e ao Cadastro de Inadimplentes do Estado do Paraná – CADIN).

Renegociação
O Banco do Empreendedor também atenderá, a partir do dia 06 de abril, pedidos de renegociação de contratos de microcrédito em vigência.
É necessário enviar informações do número do CNPJ da empresa, a Razão Social, nome para contato, telefone e e-mail via whatsapp pelo telefone 99976-0072 ou e-mail: volnei.vl@gmail.com. O contato também pode ser feito a Central em Curitiba através do whatsaap: 41 98485-0328 / 98504-4698.

Box – Quais documentos são necessários?
Para ter acesso as linhas de financiamento, os clientes devem enviar os documentos necessários digitalizados legíveis para o telefone 99976-0072 via whatsapp ou pelo email: volnei.vl@gmail.com. Segue abaixo lista.
– Foto – Identidade: RG e CPF ou CNH (RNE)
– Foto – Comprovante de Endereço atual (Pessoa Física)
– Foto do Cartão CNPJ
– Foto – Dados de Conta Corrente (cartão onde apareça Agência e Conta Corrente, extrato de C/C, cheque)
– Foto – Identidade: RG e CPF ou CNH (RNE) de cônjuge / companheiro (quando for casado e/ou aplicável)
– Foto de Comprovação de Estado Cívil (Certidão de Nascimento/Casamento/ Separação/Óbito)
– Declaração pessoal assinada pelo solicitante de que exerce atividade como empreendedor informal há mais de 3 meses quando este não tiver o CNPJ. (solicitar modelo no Banco do Empreendedor).
– Tirar uma Selfie com o documento de identificação em mãos RG ou CNH da pessoa titular da empresa frente e verso para comprovar que trata-se da mesma pessoa.

Facebook
Google+
Twitter