PUBLICIDADE

Com reservas esgotadas uma semana antes, pub de Thiago Brava inaugura unidade em Foz do Iguaçu.

Incluindo bilheterias de shows, cachês de artistas e patrocínios de eventos, música sertaneja movimenta bilhões de reais anualmente no País.

O Folks Pub, primeira rede brasileira de franquias de baladas voltadas aos fãs de música sertaneja, inaugurou sua quinta unidade na última sexta-feira (12), na cidade de Foz do Iguaçu, região oeste do Paraná. Camarotes e mesas para a inauguração, que teve shows com duas duplas e DJ, se esgotaram uma semana antes da data, mostrando a força que o setor de bares e restaurantes está ganhando com a retomada econômica, após mais de 600 dias de isolamento social. O cantor Thiago Brava, autor do hit “Dona Maria”, é um dos sócios da rede.

Com uma população de 260 mil habitantes – e quase 1 milhão de pessoas na Tríplice Fronteira com Paraguai e Argentina –, Foz do Iguaçu é o terceiro maior destino de turistas estrangeiros do país, recebendo mais de 1,5 milhão de visitantes por ano. “Há uma grande demanda por entretenimento na cidade, além da forte tradição com o sertanejo. Estamos confiantes de que será um sucesso”, afirma Pedro Luiz Elero Júnior, sócio e diretor de operações da marca.

Segundo o franqueado Arthur Perassoli Rojo, de 34 anos, a inauguração da unidade movimentou R$ 800 mil na economia local, envolvendo o trabalho de mais de 40 prestadores de serviços e fornecedores. A unidade vai gerar pelo menos 100 postos de trabalho diretos e indiretos, além de atrair uma média de 250 pessoas por noite.

Os pubs sertanejos são a grande tendência do segmento de entretenimento no País na atualidade. Embora seja difícil calcular com exatidão, especialistas estimam que a música sertaneja movimente anualmente dezenas de bilhões de reais, incluindo bilheterias de shows, cachês de artistas e patrocínios de eventos.

O gênero musical é, disparado, o mais ouvido no Brasil, conforme a terceira edição do relatório “O que o Brasil Ouve”, produzido pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) e divulgado no último dia 8. Segundo o documento, entre 2011 e 2020 foram distribuídos mais de R$ 8,2 bilhões em direitos autorais para 470 mil compositores, artistas e demais titulares, a imensa maioria deles ligados ao gênero.

Outro levantamento, da Crowley, apontou que das 50 músicas mais tocadas em todo o país, 33 vêm do sertanejo. E a pandemia fez o estilo atingir recordes: sete das lives mais assistidas em todo o mundo são dele. “Investir na Folks é investir em entretenimento, diversão, experiência, tudo que as pessoas buscam quando estão com amigos e fora de suas rotinas de trabalho. Se a pessoa vier no pub e sair mais feliz do que entrou, nossa tarefa está feita, pois sabemos que assim que for possível ela vai voltar”, conta Rojo.

A proposta do Folks Pub é unir a elegância das public houses britânicas com a energia das baladas brasileiras. Para Foz do Iguaçu, o franqueado traz o modelo de pub em container, com uma arquitetura rústica e decoração inspirada nos clássicos filmes de Velho Oeste. Os drinques originais, a música ao vivo e o ambiente rústico atraem adultos, jovens e universitários que buscam se divertir com os amigos ao som de um dos ritmos mais populares no Brasil.

A expectativa, segundo Rojo, é que o Folks Pub se consolide muito rápido na cidade, que está carente de boas alternativas em entretenimento. “Nós temos percebido que há uma grande expectativa para nossa inauguração. A reserva de mesas se esgotou em poucos dias, e temos plena convicção de que a chegada do Folks em Foz será um sucesso”, destaca.

O sucesso do segmento já permite a Rojo e os sócios começarem a planejar uma expansão na região. “Estamos estudando abrir uma unidade em Cascavel, cidade também importante do oeste do Paraná, e posteriormente queremos internacionalizar a operação abrindo uma unidade em Ciudad del Este, no Paraguai”, revela o franqueado.

Sobre o Folks Pub

Fundado em junho de 2014, na cidade de Londrina (PR), um dos berços do chamado sertanejo universitário, o Folks Pub conta com unidades em Londrina, Sorocaba, Campinas, São Paulo e Foz do Iguaçu. Os fundadores são três jovens empreendedores, que planejavam desenvolver uma experiência única e divertida para os fãs do gênero sertanejo.

A expansão por meio do franchising se iniciou cerca de um ano antes da pandemia, mas acabou protelada exatamente em razão da crise sanitária e da necessidade de afastamento social. Agora, com a retomada do segmento de eventos, o Folks Pub retoma a expansão e já tem mais uma inauguração programada para o início de 2022, em Goiânia (GO).

A meta da empresa é abrir mais sete unidades nos próximos 12 meses e, em até 10 anos, alcançar 100 franquias, que vão gerar 13 mil empregos. As principais praças-alvo para a expansão são Santa Catarina (Balneário Camboriú e Florianópolis), Minas Gerais (Uberaba, Uberlândia e Belo Horizonte), Paraná (Maringá e Curitiba) e Brasília.

Facebook
Google+
Twitter