Notícias Gerais

Foz do Iguaçu ganha restaurante de culinária italiana moderna


Cardápio tem pratos autorais de Salvatore Loi, chef de destaque no contexto da gastronomia, em São Paulo


Passar pelos arcos de concreto na entrada do Bona Trattoria, em Foz do Iguaçu, causa um efeito sensorial capaz de nos transportar para as mais encantadoras regiões da Itália. Azulejos azuis, lustres medievais, louças italianas, paredes desgastadas, muita madeira e pedras aparentes compõem um ambiente acolhedor e com aspecto pitoresco.

“Optamos pela cozinha aberta, sem paredes, para que o aroma do preparo dos ingredientes envolva a todos que estiverem presentes,” contou Isabel Salvatti, uma das proprietárias do novo empreendimento de gastronomia italiana moderna. O sócio, Iti Rafagnin, considera que a abertura do Bona Trattoria, marcada para esta segunda-feira (18), é a concretização de um sonho antigo: “Estou muito feliz e orgulhoso por homenagear nossas raízes italianas. Montamos uma equipe extremamente envolvida e vamos oferecer vários diferenciais, entre eles, os pratos autorais”, destacou.

Como começou?

Isabel Salvatti, Iti Rafagnin e os sócios são de famílias tradicionais dos ramos da gastronomia e hospitalidade em Foz do Iguaçu. O casal vem amadurecendo a ideia de abrir uma trattoria italiana há dois anos. O desejo se tornou mais latente depois de uma viagem da família ao interior da Itália para a comemoração das Bodas de Ouro dos pais de Isabel, Santo e Ivanilde Salvatti.

“Ficamos com muita vontade de trazer um pouco de tudo o que vimos para os moradores da fronteira,” disse Isabel. Um ano atrás, começou a reforma da casa que se transformaria num restaurante cheio de personalidade. Os arquitetos Carlos D´Andréa, de Foz do Iguaçu, e Maria Cláudia Mastrangello, de São Paulo, assinam os projetos de estrutura e de interior, respectivamente.

Cada espaço, uma região da Itália

O restaurante foi dividido em ambientes batizados com nomes de regiões e cidades italianas. “No espaço Roma,” revelou a arquiteta Maria Cláudia Mastrangello, “instalamos uma fonte de água que remete à Fonte de Trevi”. Outros exemplos são: a varanda Capri e o Salão Veneza, espaço escolhido para eventos e festas particulares. Todo madeiramento da casa antiga foi reaproveitado e as janelas venezianas também, propondo combinação com tijolos maciços e vidro, numa mescla de elementos rústicos e sofisticados.

Para o arquiteto Carlos D´Andréa, o conceito do restaurante é de espaço múltiplo, com característica industrial, tendo os componentes totalmente à mostra. Ele considerou: “O resultado desejado é dar ao cliente a experiência de estar vivenciando a passagem do tempo através dos materiais e das cores”.

Equipe de ouro

O Bona Trattoria vai gerar mais de 40 empregos diretos. A maior parte da equipe é de Foz do Iguaçu. Um exemplo é Elton da Silva Langnier, de 23 anos, que será um dos responsáveis pela elaboração de massas caseiras do Bona, como: tonnarelli, tagliolini, ravioli, tortelli, spaghetti e pennine, entre outras.

Na cozinha show, o chef Mateus Dalmoro, vindo de Santa Catarina e o chef Daniel Costa, que atuava em Gramado/RS, irão coordenar a elaboração dos pratos. A chef Amanda Portela, com passagem pela França, dará um toque de delicadeza às sobremesas. Quem assume a gerência do Bona Trattoria é o sommelier Léo Rodrigues, com experiência de dez anos de trabalho na Itália.

O cardápio

O cardápio do restaurante tem nome e sobrenome italianos. O renomado chef Salvatore Loi, nascido na Sardenha, assina os pratos. Atualmente, ele atua na cena gastronômica de São Paulo, mas tem passagens por restaurantes em Milão e em outros pontos da Europa. O talentoso Salvatore Loi esteve à frente do Grupo Fasano por 13 anos, foi eleito “chef do ano” pela  Revista Veja, em 2001, e pelo Guia Quatro Rodas, em 2002. Sua maior premiação foi: melhor restaurante italiano da América Latina (The Worlds 50 Best Restaurant Award).

O chef italiano estará presente à abertura do Bona Trattoria, nesta segunda-feira (18), ocasião em que serão preparados, pela primeira vez aos clientes, pratos como: Morbido in crosta di olive e cioccolato bianco (Burrata em crosta de azeitonas pretas e raspas de chocolate branco), Lasagna di vitella (Lasanha com ragu de vitela, azeite trufado e fonduta de grana padano) e uma exclusividade do Bona: Tonnarelli Freschi con Frutti di Mare (Tonnarelli Fresco com Frutos do Mar).

O Bona será o primeiro restaurante paranaense a contar com a consultoria do chef italiano. “É uma praça nova para mim e, por isso, um desafio,” apontou ele. Salvatore Loi explica que produz pratos autorais, mantendo a base na cozinha clássica italiana. “Assim, consigo colocar em prática as ideias que tenho na cabeça, trabalhando para a evolução da cozinha clássica e me divirto muito com isso!,” contou.

Mas o chef considera que, para agradar ao paladar dando espaço à criatividade, é preciso ter muito bom senso: “Quando decido misturar azeitona, burrata e chocolate branco significa que já fiz várias tentativas, levando em conta o tipo de queijo, o tipo de gordura do chocolate, a acidez dos ingredientes… Provo até chegar ao equilíbrio”.

A localização do Bona Trattoria

O Bona Trattoria fica na Rua Almirante Barroso, 883, no centro de Foz do Iguaçu – área gastronômica da cidade. “Havia muita cobrança por parte dos nossos clientes, nos pedindo um lugar em que se sentissem em casa para passar e beber alguma coisa, experimentar uma entrada, saborear um bom vinho. É esse ambiente familiar que vamos oferecer”, comemora Isabel Salvatti. Aos apreciadores da culinária italiana: benvenutos!

 

SERVIÇO BONA TRATTORIA

Abertura | segunda-feira | 18 de junho de 2018

A partir das 17h | todos os dias

@bonatrattoria

Rua Almirante Barroso, 883 – Centro, Foz do Iguaçu

Telefone: (45) 3031-0066 | (45) 99924-7162