PUBLICIDADE

Hidrogênio verde: pesquisa colaborativa entre pesquisadores do PTI-BR e do ITAE (Itália) é publicada em revista internacional

Enquanto Instituição de Ciência e Tecnologia, o Parque Tecnológico Itaipu-Brasil possui uma ampla experiência no tema, sendo considerado referência no país, além de contar com equipe de especialistas no assunto.

 

O Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR) consolidou mais um importante resultado em sua atuação com a temática do hidrogênio. O artigo “In the path for creating Research-to-business new opportunities on green hydrogen between Italy and Brazil” (No caminho para a criação de novas oportunidades de pesquisas para negócios sobre hidrogênio verde entre Itália e Brasil) foi desenvolvido em parceria entre os pesquisadores do PTI-BR, Daniel Cantane, e do Institute of Advanced Energy Technologies (ITAE), Massimiliano Lo Faro, juntamente com o Sr. Fabio Naro, adido científico da sede diplomática da Itália no Brasil e já está disponível na “International Journal of Hydrogen Energy” (Revista Internacional de Energia de Hidrogênio).

O documento fez parte da programação do Italy-Brazil R2B workshop, um evento que teve como objetivo promover a interação dos dois países, a fim de melhorar a colaboração tecnológica e a produção industrial, e que contou com a presença de representantes da indústria, empresas públicas e de tecnologia, centros de pesquisa científica e empresas de desenvolvimento tecnológico no campo de hidrogênio.

A cooperação entre os dois países é de longa data e tem enriquecido o debate sobre a contribuição do uso do hidrogênio (obtido por eletrólise a partir de fontes renováveis de energia elétrica, em um processo no qual não haja a emissão de carbono), para a transição energética e para o processo de descarbonização da economia.
Há mais de uma década, o PTI-BR pesquisa e desenvolve soluções tecnológicas de energia à base de hidrogênio, além de prospectar oportunidades para este mercado. Uma das primeiras inciativas implementadas foi a construção de uma Planta Experimental, para o desenvolvimento de tecnologias aplicadas à produção, armazenamento e conversão do hidrogênio, em parceria com a Itaipu Binacional e a Eletrobras.

Segundo o pesquisador do Parque Tecnológico, Daniel Cantane, o trabalho atual contribui com o cenário mundial, destacando as iniciativas italianas e brasileiras para resolução dos problemas locais por meio do avanço tecnológico e científico, no contexto do hidrogênio. Cantane destaca, ainda, que “o artigo bilateral representa uma oportunidade para disseminar os avanços e perspectivas para o setor de energia dentro do contexto da transição energética”.

Créditos: Kikosierich/PTI

Facebook
Google+
Twitter