PUBLICIDADE

Levantamento do Cepecon/UNILA mostra impacto da inflação nos produtos consumidos na Páscoa

Ovos de chocolate voltados para o público infantil apresentaram aumento de 31% de acordo com levantamento da UNILA

A maioria dos produtos de páscoa, principalmente os ovos de chocolate, apresentou aumento nos preços em relação ao ano passado em Foz do Iguaçu. A conclusão é do informe especial do Centro de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Cepecon) da UNILA. Os modelos de ovos de chocolate voltados para o público infantil apresentaram aumento de 31% com relação a 2021. Já a variação do preço dos ovos nos supermercados e pontos de venda da cidade pode chegar a 47%, de acordo com a pesquisa.

Para o coordenador da pesquisa, professor Henrique Kawamura, o aumento já era esperado “uma vez que a inflação já dava indícios de elevação em muitos produtos. Os custos de produção tais como energia e combustível também foram fatores para o aumento dos preços”, disse. Na Páscoa de 2022, o que ficou mais em conta foi a caixa de bombom com redução de 4,9%.

A pesquisa também mostrou que o bacalhau, bastante consumido no período, apresentou aumento de 21,1% em relação a 2021. Já o peixe tipo bacalhau, que costuma ser mais barato, apresentou elevação de 62,7% em comparação ao ano passado, e com 60% de variação entre os locais de compra. O azeite de oliva também aumentou cerca de 51%.

Créditos: UNILA.

Facebook
Google+
Twitter