PUBLICIDADE

Moradores de Foz já podem consultar novos CEPS

Sistema dos Correios informa possíveis alterações no CEP em Foz do Iguaçu

 

Os moradores de Foz do Iguaçu já podem consultar as alterações feitas nos códigos de endereçamento postal (CEPs) do município. A consulta é gratuita e pode ser feita diretamente “no site dos Correios”

Basta acessar a página e informar o CEP utilizado atualmente, e em seguida o sistema informa o nome da rua, bairro e CEP atualizado. Segundo as agências dos Correios, nem todas as ruas terão os códigos alterados, portanto, é importante que cada morador consulte e verifique se houve atualização ou não no endereço.

A partir desta segunda-feira (4), os moradores terão um prazo de 90 dias para adaptação. Neste período, caso alguma correspondência seja enviada para o CEP anterior, a correção será feita automaticamente pelos Correios e a entrega ocorrerá normalmente.  A partir de 4 de agosto, a não atualização do endereçamento com o bairro correto e a numeração oficial resultará na devolução dos objetos.

No caso das contas de água e luz, a atualização será feita automaticamente pelas concessionárias, que têm acesso direto à base de dados atualizada dos Correios. A Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu também fará a atualização dos cadastros, sem que seja necessário que os contribuintes busquem o órgão.

Atualização
A atualização dos códigos faz parte do projeto de reorganização geográfica de Foz do Iguaçu. A mudança faz parte da reestruturação proposta pela Lei 303/2018, que reduziu o número de bairros, proporcionando mais facilidade e organização na busca por endereços em Foz.

O objetivo da mudança é garantir mais agilidade nos procedimentos de entregas em geral, tanto dos Correios quanto de empresas privadas. A estimativa é reduzir o número de CEPs, especialmente em algumas vias, como a Avenida República Argentina, que passará a ter apenas 3 códigos em toda a sua extensão e antes contava com16 números de CEPs diferentes.
O trabalho de recodificação foi conduzido pelos Correios em parceria com a Prefeitura de Foz, envolvendo ainda empresas concessionárias de serviços públicos, Receita Federal e outros órgãos governamentais. No município existem mais de 330 loteamentos que, por meio da Lei 303/2018, foram agrupados em 37 bairros.
Facebook
Google+
Twitter