PUBLICIDADE

Secretaria de Saúde já vacinou mais de 24 mil idosos

Campanha alcançou 119% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Idosos cadastrados continuam recebendo as doses em casa

 

As equipes da Secretaria da Saúde de Foz do Iguaçu continuam nas ruas para vacinar os idosos em suas residências. Entre hoje (29) e amanhã (30), a Prefeitura pretende imunizar os 5 mil idosos que agendaram a vacinação via central telefônica e de forma online. Até agora foram imunizados 24.262 idosos no município, o que corresponde a 119% da meta estipulada pelo Ministério da Saúde. Somados os números, o município chegará a quase 30 mil pessoas deste grupo de risco.

“Vamos vacinar todos os idosos que se cadastraram, tanto por telefone quanto de forma online e também os que ligaram nas unidades. Já batemos recorde histórico de vacinação de idosos e pedimos tranqüilidade, pois dependemos da entrega de novas doses via Ministério da Saúde”, explicou o Diretor de Atenção Básica, Ricardo Lacerda.A Secretaria Municipal de Saúde também informa que o sistema online de agendamento está temporariamente suspenso e deve ser reativado com o recebimento de novas remessas de vacina.

“Tínhamos uma meta de vacinar 20 mil idosos e chegaremos a 30 mil. A campanha também refletiu a defasagem dos dados populacionais da cidade e vamos buscar soluções para garantir a vacinação dos idosos que ainda não receberam”, adiantou Lacerda. Foz foi a primeira cidade do Paraná a vacinar os idosos de casa em casa, medida adotada pelo governo como forma de prevenção ao coronavírus.

Doentes crônicos
A campanha de vacinação está na segunda fase e inclui doentes crônicos, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade. A vacinação das pessoas portadoras de comorbidades será feita nas unidades básicas de saúde. A Secretaria reforça aos usuários para não irem até as unidades sem o agendamento. “As unidades entrarão em contato com base nos dados dos usuários que se cadastraram no sistema. Para os que não se cadastraram, a orientação é para que liguem nas unidades de saúde. É importante que o morador não vá até a unidade sem o agendamento”, reforçou Lacerda.

No dia 9 está previsto o “Dia D” de vacinação e na sequência tem início a terceira fase, que priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, e professores.

Os telefones das 29 Unidades de saúde estão disponíveis no site www.amn.foz.br na aba ““Contatos – UBS””.
Facebook
Google+
Twitter