PUBLICIDADE

UNILA promove aula inaugural com escritor e ativista Daniel Munduruku

O Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História, da UNILA, promove nesta quarta-feira (04) uma aula inaugural com o escritor e ativista do movimento indígena, Daniel Munduruku.

Daniel vai falar sobre “Filosofias indígenas e os desafios contemporâneos da presença indígena na Universidade”. O evento será realizado no miniauditório da Unioeste, a partir das 19h. Para participar, é necessário fazer inscrição prévia via SIG Eventos, pelo link https://sig.unila.edu.br/eventos/ .

Natural de Belém (PA), Daniel Munduruku é um escritor pertencente ao povo indígena Munduruku. Autor de 56 livros infanto-juvenis, publicados por diversas editoras no Brasil, ele tem Mestrado e Doutorado em Educação pela USP. Já recebeu vários prêmios nacionais e internacionais por sua obra literária, como o Prêmio Jabuti (2004 e 2017); Prêmio da Academia Brasileira de Letras (2010) e Promoção da Tolerância e da Não Violência da UNESCO.

Ativista engajado no Movimento Indígena Brasileiro, reside em Lorena, interior de São Paulo, onde é diretor-presidente do Instituto Uka e do selo Uka Editorial. Foi cofundador da primeira livraria online especializada em livros de autores indígenas e promove, há 18 anos, o Encontro de Escritores e Artistas Indígenas no Rio de Janeiro. Em 2021, Daniel Mundukuru concorreu à Cadeira 12 da Academia Brasileira de Letras.

A aula inaugural é organizada com o apoio dos programas de pós-graduação em Literatura Comparada, História e Estudos Latino-Americanos, da Comissão Permanente de Acesso e Permanência dos Povos Indígenas (CAPPI) e do Observatório da temática indígena na América Latina (OBIAL).

Créditos: UNILA.

Facebook
Google+
Twitter