PUBLICIDADE

Especialistas nacionais e internacionais participam da 30ª Conferência Anprotec e debatem sobre os desafios para os ambientes de inovação

O evento acontece entre 23 e 25 de novembro, com a programação do primeiro dia focada em gestores de ambientes de inovação

 

Entre os dias 23 a 25 de novembro de 2020 (segunda a quarta), a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) promovem a 30ª Conferência Anprotec. Considerado o maior evento dedicado a parques tecnológicos, incubadoras e aceleradoras do país, a iniciativa reúne especialistas nacionais e internacionais, representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e investidores. O evento acontece em formato 100% online, por meio de plataforma dedicada e exclusiva.

O tema “Ambientes de Inovação 4.0 – Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global” tem o objetivo de debater amplamente o papel dos ambientes de inovação, no contexto da Covid-19. As inscrições estão disponíveis no link: https://www.sympla.com.br/30-conferencia-anprotec-2020__1017112

A Plenária de Abertura será realizada no dia 24/11, às 09h, e tem como objetivo discutir os desafios e as oportunidades para os ambientes de inovação em um cenário em constante transformação e de competitividade global. O painel conta com a participação do presidente da Anprotec, Francisco Saboya, do professor da USP e ex-presidente da Anprotec, Guilherme Ary Plonski; do CEO da Haifa Economic Corporation, Or Shahaf; e do diretor de Políticas do Global Sterling Group for Impact Investment, Sebastian Welisiejko.

NOVO CENÁRIO

A pandemia da Covid-19 trouxe mudanças profundas na sociedade e alterou drasticamente o comportamento das pessoas em relações aos diversos meios. Assim, os ambientes de inovação – parques tecnológicos, incubadoras, aceleradoras e hubs de inovação – têm sido obrigados a avaliar seu modelo de negócios, seus espaços e sua entrega de valor para as startups e empresas nascentes.

Sílvio Meira, presidente do Conselho de Administração do Porto Digital e membro do Conselho Consultivo da Anprotec, destaca que já há alguns anos, termos como internet das coisas, big data, inteligência artificial, e computação em nuvem e transformação digital fazem parte dos ciclos de discussão sobre competitividade e inovação. No entanto, a aplicação destas tecnologias nunca ocorreu de forma tão acelerada como em 2020. “Vivemos um apocalipse digital. Foram 25 anos em algumas semanas. As pessoas passaram a usar numa escala impensada as tecnologias e serviços que já estavam aí. A rede brasileira de internet teve um aumento de 30% no tráfego a partir de 15 de março”, disse.

 

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0

Para aquecer os motores do ecossistema de inovação, na segunda-feira, 23 de novembro, acontece a Oficina Colaboração Ativa Liderança 4.0 como atividade pré-evento da 30ª edição da Conferência Anprotec de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação.

Com três horas de duração, a Oficina será realizada por especialistas do Laboratório de Criatividade do Tecnopuc (Crialab) em duas partes: das 10h30 às 12h00 e das 14h00 às 15h30.

Destinada especificamente para gestores de ambientes de inovação, a atividade irá tratar sobre liderança no âmbito dos ambientes 4.0.

As vagas são limitadas a até 100 pessoas. Por isso, os interessados devem se inscrever previamente na Oficina, que tem um investimento de R﹩150,00.

*A inscrição na atividade pré-evento não dá acesso ao participante acompanhar o restante da programação da Conferência Anprotec.

CLIQUE AQUI e inscreva-se na Oficina Colaboração Ativa: Liderança 4.0!

Os dias 24 e 25/11 serão dedicados à discussão do tema central “Ambientes de Inovação 4.0: Desafios e Oportunidades na Nova Dinâmica Global“, com a participação de mais de 60 palestrantes nacionais e internacionais: representantes de ambientes de inovação, governo, órgãos de fomento, grandes corporações, startups e investidores, discutindo os cinco subtemas que serão pilares do evento: Capital Humano – O papel e os desafios dos ambientes de inovação 4.0; Inovação Aberta – Ecossistema de inovação como instrumentos de transformação das indústrias tradicionais; Financiamento – Novos modelos de sustentabilidade para os ambientes de inovação; Cidades – Ecossistemas de inovação como alavancas para o desenvolvimento humano sustentável; e Tecnologia – O papel dos ambientes de inovação para a geração de soluções na nova dinâmica global.

Facebook
Google+
Twitter