PUBLICIDADE

Itaipu inaugura laboratório móvel para ajudar no monitoramento ambiental

Novo equipamento vai permitir mais agilidade no tratamento das amostras, além de servir como base móvel na margem brasileira.

 

A Itaipu Binacional passou a contar com um novo aliado nas atividades de monitoramento ambiental: o laboratório móvel. A van foi entregue oficialmente pelo diretor-geral brasileiro, general João Francisco Ferreira, acompanhado do diretor de Coordenação, Luiz Felipe Carbonell, na última semana (dia 1º), como parte do roteiro de dois dias para conhecer de perto as ações socioambientais da empresa na margem brasileira do reservatório.

Conforme explica a bióloga Simone Benassi, da Divisão de Reservatório da Itaipu, com a ampliação das atividades ambientais da Itaipu (e por se tratar de território bastante amplo), o laboratório móvel tornou-se uma necessidade. “Principalmente quando é preciso iniciar o tratamento das amostras no mesmo dia, como nos casos de filtragem, refrigeração ou acidificação”, explicou.

Outra vantagem desse tratamento inicial é que o trabalho de análise tem início ainda em campo, e não há sobrecarga de atividades quando o técnico chega ao laboratório ambiental, na usina, e ainda teria que começar esse tratamento das amostras.

O laboratório servirá também de base móvel. Com essa opção, segundo a bióloga Jussara Elias de Souza, também da Divisão de Reservatório, as atividades de campo serão potencializadas e vão garantir melhor qualidade no tratamento dos dados. “O laboratório poderá atender às equipes de monitoramento de qualidade de água, de efluentes, aquicultura e ictiofauna, entre outras”, acrescentou.

O monitoramento ambiental é essencial para obter parâmetros que atestam a qualidade das atividades ambientais desenvolvidas pela Itaipu, comprovando a eficácia das medidas adotadas, bem como fornecendo dados para o planejamento e execução de novas ações.

Créditos: Alexandre Marchetti / Itaipu Binacional.

Facebook
Google+
Twitter