PUBLICIDADE

Sanepar Startups investe R$ 1,5 milhão em projetos inovadores para saneamento

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Financiadora de Projetos e Estudos (Finep) – vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), a Fundação Parque Tecnológico Itaipu Brasil (PTI-BR), o Governo do Estado do Paraná e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR) lançaram nesta quarta-feira, 05, o Programa de Inovação Aberta em Saneamento Ambiental (Sanepar Startups).
O Programa tem como objetivo promover e selecionar soluções inovadoras e sustentáveis para os desafios do setor de água e saneamento ambiental. Cada empresa poderá solicitar recursos financeiros de, no mínimo, R$ 100 mil e, no máximo, R$ 150 mil, para testes e homologação das soluções. Na primeira etapa, serão destinados ao todo R$ 750 mil, sendo selecionadas até cinco soluções inovadoras.
O diretor presidente da Sanepar, Claudio Stábile, destacou que o Paraná é um dos estados brasileiros com melhor infraestrutura de saneamento, mas é necessário melhorar ainda mais. “Temos o desafio do novo marco legal que busca a universalização da água potável e esgoto sanitário. No Paraná já universalizamos a água potável e temos 78% de coleta e tratamento do esgoto (a nova lei determina no mínimo 90%). O desafio está principalmente em pequenos municípios. Daí a importância de parcerias como essas, buscando novas soluções, mais baratas, acessíveis, sustentáveis e inovadoras”, afirmou Stábile.

Paraná na vanguarda
Para o general Eduardo Garrido, diretor superintendente do PTI-BR, o programa coloca o Paraná na vanguarda do desenvolvimento socioeconômico do País. “Estamos há cerca de 1 ano trabalhando no planejamento desse programa de inovação aberta para o setor ambiental. Temos o foco em desenvolver esse segmento que é primordial à qualidade de vida. Para isso, chegamos a 12 desafios, agrupados em quatro temas: otimização de processos produtivos, infraestrutura resiliente e sustentável, recurso hídricos e clima e melhoria na relação com o cliente. Nós do PTI, temos estimulado as iniciativas em inovação aberta e temos a certeza que estamos cumprindo a nossa missão de tornar o Paraná um estado cada vez melhor”, disse o general Garrido.
Para o diretor de inovação do Finep, Otavio Augusto Burgardt, é muito importante estimular novas startups no desenvolvimento de novas soluções inovadoras. “Estamos felizes de participar dessa parceria. O programa que estamos lançando hoje é um chamamento às startups para planejarem propostas que visam solucionar problemas reais, produtos, processos ou modelos de negócios”, comentou.

Efeitos climáticos
A especialista Líder em Inovação do BID, Vanderleia Radaelli, lembrou que o impacto positivo do saneamento não é apenas na qualidade vida de quem usufrui da infraestrutura, mas em todo o Planeta, a partir dos seus efeitos climáticos.
“O BID busca investir nas Américas para o seu desenvolvimento social. E para isso trabalha em fortalecer as startups e ecossistemas de inovação, não apenas com aportes financeiros, mas também ajudando no seu crescimento, formação e capacitação. O setor de saneamento tem enorme potencial porque ele se vincula às necessidades do cidadão. E por fim, contribui fortemente para as mudanças climáticas”, disse Radaelli.

Inovação aberta
O diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Agostini, reforçou a importância da inovação na busca por soluções. “Queremos utilizar o potencial das startups, principalmente, com suas ideias disruptivas, para gerar produtos e negócios inovadores que irão impactar na vida das pessoas. O Sebrae Paraná realiza um trabalho intenso nessa área, tendo como objetivo o incentivo para que empresas criem soluções que possam transformar o ecossistema local, contribuindo de forma econômica e sustentável”, avaliou Agostini.
E, por fim, o vice-governador Darci Piana elogiou todos os envolvidos na iniciativa que contribui para que o Paraná se torne cada vez mais moderno.
“Parabenizo todos os envolvidos nessa iniciativa. O governo do Paraná está comprometido com a inovação aberta. Temos certeza que esse programa será um sucesso, pois são excelentes parceiros apoiando. Essa iniciativa é fundamental, pois muitas startups esperam oportunidades como essas para crescer e mostrar o seu potencial”, finalizou o vice-governador

Inscrições
Podem participar do Programa empresas com projetos capazes de oferecer solução exequível, viável econômica e tecnologicamente para um dos quatro temas do edital: Otimização de Processos Produtivos; Infraestrutura Resiliente e Sustentável; Recursos Hídricos e Clima; e Melhoria na relação com o cliente.
Para inscrições no Programa de Inovação Aberta em Saneamento Ambiental e mais informações, acesse o site: saneparstartups.com.br
O prazo de inscrições se encerra no dia 22 de novembro de 2021.

Créditos: PTI-BR

Facebook
Google+
Twitter