PUBLICIDADE

Vídeos produzidos por jovens de Foz do Iguaçu vão ilustrar campanha de Combate ao Trabalho Infantil

Materiais foram produzidos nas oficinas do projeto Aprendiz Poesia, organizado pela Itaipu Binacional e parceiros, e serão apresentados nesta segunda-feira (6), às 14h, na Guarda Mirim.

 

Vídeos produzidos por adolescentes aprendizes de Foz do Iguaçu serão utilizados na campanha do Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, durante a semana de 12 de junho. O lançamento das obras acontece nesta segunda-feira (6), às 14h, na sede da Guarda Mirim, com a participação de representantes da Rede Proteger e de entidades envolvidas com a aprendizagem profissional em Foz.

O trabalho é resultado da segunda edição do projeto Aprendiz Poesia, organizado pela Itaipu Binacional e entidades que compõem o GT Aprendizagem. De 23 a 27 de maio, um grupo de 60 jovens aprendizes participou de uma vivência literária e musical que resultou na gravação de um videoclipe de rap e na produção de um documentário em vídeo. As atividades aconteceram na sede da Guarda Mirim.

O projeto Aprendiz Poesia é um ciclo de vivências literárias e musicais, no formato de oficinas, criadas e ministradas pelo rapper, professor e escritor Renan Inquérito, juntamente com o psicólogo, cantor e produtor musical Pop Black.

O objetivo é oferecer aos jovens a experiência ímpar de construírem coletivamente uma música e um videoclipe a partir de textos produzidos pelos próprios adolescentes, ao longo de cinco encontros. A ideia é usar a poesia, o rap e a literatura como instrumentos para discutir a importância da aprendizagem profissional, a percepção desses jovens sobre o trabalho e sua caminhada como aprendiz.

“Nos encontros, os jovens cantaram, escreveram, gravaram e sonharam juntos durante uma semana. Teve ainda lambe-lambe, fotografia, cartinha e tantas outras coisas… O resultado foi um álbum de fotografias, uma música, um clipe e um documentário”, disse Renan Inquérito.

“A letra do rap que escrevemos fala sobre trabalho infantil e denuncia a triste situação de milhares de crianças e jovens do nosso país”, afirmou.

Confira:

Infelizmente muitos tão

presos nessa situação

mas quem rouba a infância

dessas crianças é que é ladrão

Devolvam todos sonhos

que vocês roubaram delas

se não o futuro vai cobrar com juros, eu juro! Cada parcela!

Créditos: Stephanie Nicoli/Itaipu Binacional.

Facebook
Google+
Twitter