PUBLICIDADE

Ação de Itaipu movimenta Bubas no final de semana

Programação inclui atividades ambientais e culturais, oficinas e a criação do maior painel de grafite de Foz do Iguaçu.

A folia de Carnaval deste ano será bem diferente no Centro de Atenção Integral  ao  Adolescente  de Foz do Iguaçu (CAIA), localizado no centro da maior  ocupação  do  Paraná  –  Bubas, no bairro Porto Meira. De 20 a 23 de fevereiro,  uma  série  de  oficinas e atividades vão integrar as crianças, adolescentes  e  famílias  da comunidade. A ação mais aguardada acontece no sábado (22), quando grafiteiros de Foz e região vão criar o maior painel de grafite de Foz, num muro de quase 100 metros.

Serão  cerca  de  20  artistas  envolvidos, alguns deles reconhecidos internacionalmente,  além de grafiteiros da região Oeste e Foz do Iguaçu. O muro  escolhido  fica  às  margens de um córrego, cuja ponte improvisada dá acesso  ao  CAIA.  “A  data  do  Carnaval foi escolhida justamente porque a iniciativa  depende  de voluntariado dos artistas, que abriram mão da festa para  participar do evento”, explica Luciany Franco, da Divisão de Educação Ambiental da Itaipu.

A  iniciativa  é  do projeto Encontros e Caminhos, parceria da Itaipu Binacional  com  o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros. As atividades  começam  já  na  sexta-feira (20), com oficinas de confecção de bonecas  Abayomi, horta comunitária e compostagem. A intenção é que a horta criada na atividade abasteça o CAIA e que o excedente possa ser aproveitado pelas  famílias.  “Vamos  incentivá-los  a plantarem suas próprias hortas e fazer o processo de compostagem também em suas casas”, ressalta Luciany.

Outras  oficinas  que estão agendadas para os dias 21, 22 e 23 são as de RAP Poesia, Música e construção de cisternas, entre outras.

A  ação  no CAIA tem como objetivo promover a integração das famílias atendidas  pelo  projeto Encontros e Caminhos e pelos diversos programas de Responsabilidade  Social  da Itaipu. Representantes de entidades e projetos que   têm   convênios  com  a  Binacional  vão  acompanhar  o  evento  como voluntários.

O  Centro de Atenção Integral ao Adolescente fica no Bubas, no bairro Porto  Meira,  a  maior ocupação do Paraná e a segunda maior do Brasil, com mais  de  1.200 famílias. O CAIA é sede do Atelier da Cidadania, que atende em  torno  de  500  crianças,  além do projeto Xadrez para Todos. Este ano, passará  a  contar  com o Maestro da Bola e o Kimono Amigo. No bairro Porto Meira também há núcleos do Basquete sem Fronteiras e do Meninos do Lago.

Facebook
Google+
Twitter