PUBLICIDADE

UNILA abre chamada para recebimento de doações de insumos para enfrentamento à Covid-19

A UNILA está fazendo uma chamada pública para o recebimento de doações de insumos a serem usados nas ações institucionais de enfrentamento à Covid-19. Entre as ações que estão sendo desenvolvidas está a produção de álcool glicerinado 80% e de máscaras faciais (face shields) de acetato, que, por meio da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu, serão distribuídas aos profissionais de saúde que atuam diretamente no atendimento da população.

Na chamada pública estão listados 16 itens, como álcool etílico 96%, álcool isopropílico 95%, peróxido de hidrogênio 3%, glicerina pura (glicerol), frascos de diferentes tamanhos, filamentos para impressora 3D, lâminas de acetato, luvas, máscaras e outros equipamentos de proteção individual. As especificações completas estão disponíveis na Chamada Pública PROAGI 002/2020 (https://bit.ly/unila_insumos).

Os materiais deverão ser novos, sem utilização anterior, com embalagem identificada. Alguns produtos devem trazer, ainda, informações como a composição, concentração, lote e validade. Os equipamentos de proteção individual devem possuir certificado de aprovação.

O edital especifica, também, a documentação exigida a ser apresentada pelos interessados em fazer as doações. O pró-reitor de Administração, Gestão e Infraestrutura (PROAGI), Vagner Miyamura, explica que o edital de chamamento, assim como acontece nas licitações, é uma formalização necessária “para tentar proporcionar aos agentes externos, que vão ter algum tipo de relação com a Universidade, o máximo de isonomia, de igualdade de condições e de participação”.

A UNILA tem equipamentos e pessoal capacitado para produzir, aproximadamente, 100 litros de álcool glicerinado por dia. Também tem impressoras 3D para a fabricação de máscaras faciais (face shields), mas não tem material para produzir as quantidades necessárias.

O vice-reitor Luis Evelio Garcia Acevedo explica que, com a chamada pública, a UNILA espera conseguir insumos suficientes para contribuir institucionalmente com a saúde pública de Foz do Iguaçu no enfrentamento à Covid-19.

Facebook
Google+
Twitter